Calvinista ou Arminiano?

Eu escrevi um ensaio em resposta a uma pergunta feita por um amigo. Depois, pediram-me para eu reescrevê-lo em português, já que a ferramenta do Google não estava fazendo um bom trabalho; abaixo.

 

Caro Joversi,

obrigado pela oportunidade de poder esclarecer o que eu quis dizer quando falei que não sou nem um calvinista e nem um arminiano, pedindo alguma definição.

Numa tentativa de salvar meu calvinismo, fugi para o Seminário Teológico de Dallas (DTS). Eu era um calvinista de “4 pontos” pastoreando uma igreja batista reformada de “5 pontos”. No calvinismo, uma vez que a graça é soberana, não há espaço para algo como um “crente carnal”. Mas eu me encontrei pastoreando uma igreja com cristãos carnais CALVINISTAS, com vidas marcadas pela amargura, divisão e a arrogância. As pessoas claramente resistiam a graça de Deus, mas eram inegavelmente SALVAS. E uma vez que o calvinismo perde a doutrina da graça irresistível, o meio pelo qual Deus impõe Sua vontade sobre os eleitos, todo o “castelo de cartas” cai. Enquanto no DTS, eu encontrei um grupo de professores que me ofereceram uma terceira alternativa, que realmente não tem nome. Continuar lendo “Calvinista ou Arminiano?”

Priscila discipulou Apolo? Ela exerceu autoridade sobre ele?

Resposta a um dos meus alunos do passado, hoje um líder entre os batistas. Sua pergunta:

“Mark, vc acha que Priscila participou do discipulado de Apolo como professora?” (Atos 18:26)

Excelente pergunta, e você identificou um dos versículos usados pelos feministas para defender a consagração de mulheres no ministério. Vamos ler o versículo, e depois darei minha análise:

Atos 18.26 Logo (Apolo) começou a falar corajosamente na sinagoga. Quando Priscila e Áquila o ouviram, convidaram-no para ir à sua casa e lhe explicaram com mais exatidão o caminho de Deus.

1- O foco do trecho é Apolo, e como este grande pregador, importantíssimo para a história da igreja primitiva (veja 1 Co 2-4) entrou na Igreja, quer dizer, no movimento cristão. A parte de Áquila e Priscila no trecho é mínima. Quem o mandou para Corinto? Não foram Áquila e Priscila, mas os irmãos da igreja em Éfeso.

2- Impossível classificar isso como discipulado. Era só uma conversa. Continuar lendo “Priscila discipulou Apolo? Ela exerceu autoridade sobre ele?”