Vencendo as Tentações

vencendo as tentações 2Recebi um email de um aluno meu pedindo orientações sobre como vencer as tentações em nossas vidas, e pensei que talvez seja proveitoso para os outros também.

Olá Dr. Ellis,
Tenho pensado se você teria algum conselho sobre melhorar o autocontrole.
Recentemente, a falta de autocontrole tem me incomodado em várias áreas: comida, desejo sexual, etc. Eu entendo que o domínio próprio por sorte, não é inteiramente devido à força de vontade, mas também à importância de se apoiar no Espírito. Em vista disso, parece que continuo falhando, e queria saber se você tem algum conselho ou pontos nas escrituras para eu me apoiar. Obrigado pelo seu tempo!
Atenciosamente,
J. O.

Oi, J. O.

Obrigado pela sua excelente pergunta.

Como alguém que tem lutado com comida em excesso desde que saí pra morar sozinho e sendo bem remunerado, entendo perfeitamente o que você está dizendo. É uma batalha diária na minha vida. Além disso, sou mentor de mais de um homem que luta contra pornografia e masturbação, apesar de serem cristãos muito dedicados. A fome e os apetites sexuais são desejos que Deus construiu em nós, para nos lembrar de comer e para nos ajudar a cumprir o mandamento de Deus de ser frutífero e multiplicar-se. Se tivéssemos o mesmo desejo sexual, tanto quanto lemos nossas Bíblias, a raça humana estaria extinta agora! O problema é que a “carne”, a natureza pecaminosa dentro de nós, perverte esses desejos e, ao invés de serem ferramentas, esses desejos nos dominam.

Primeiro: a promessa em Gálatas 5:

  • 16. Digo, porém, o seguinte: vivam no Espírito e vocês jamais satisfarão os desejos da carne. 17. Porque a carne luta contra o Espírito, e o Espírito luta contra a carne, porque são opostos entre si, para que vocês não façam o que querem. 18. Mas, se são guiados pelo Espírito, vocês não estão debaixo da lei. 19. Ora, as obras da carne são conhecidas e são: imoralidade sexual, impureza, libertinagem, 20. idolatria, feitiçarias, inimizades, rixas, ciúmes, iras, discórdias, divisões, facções, 21. invejas, bebedeiras, orgias e coisas semelhantes a estas. Declaro a vocês, como antes já os preveni, que os que praticam tais coisas não herdarão o Reino de Deus. 22. Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, 23. mansidão, domínio próprio. Contra estas coisas não há lei. 24. E os que são de Cristo Jesus crucificaram a carne, com as suas paixões e os seus desejos. 25. Se vivemos no Espírito, andemos também no Espírito.

Este é o primeiro passo para superar as tentações da fome, seja fome de comida ou fome de sexo. “Andar” no Espírito significa confiar no poder do Espírito, momento a momento. Ajuda começar o dia com uma declaração de nossa dependência e nos entregar ao Espírito para sermos preenchidos pelo Seu poder. Literalmente orando: “Senhor, eu te dou meus apetites, minha boca e meus genitais (você não precisa ser tão educado quando fala com Ele!), para ser controlado por Ti hoje. Fale comigo quando eu for tentado, ajude-me a mantê-los entregues a Ti ”. Então, quando a tentação chegar, você já estará espiritualmente sintonizado e fortalecido para manter o controle do Espírito sobre eles. Quanto à importância de não tentar “se acertar com o Espírito” bem na hora da tentação, Paulo escreveu em Romanos 6.

  • 12Portanto, não permitam que o pecado reine em seu corpo mortal, fazendo com que vocês obedeçam às suas paixões. 13. Também não ofereçam os membros do corpo ao pecado, como instrumentos de injustiça, mas, como pessoas que passaram da morte para a vida, ofereçam a si mesmos a Deus e ofereçam os seus membros a Deus, como instrumentos de justiça. 14. Porque o pecado não terá domínio sobre vocês, pois vocês não estão debaixo da lei, e sim da graça.

Aprender a andar pelo poder do Espírito é como aprender a andar de bicicleta. Você cai e se machuca muito quando está aprendendo pela primeira vez, você ainda passa por oscilações mesmo depois de ter parado de cair o tempo todo, e precisa aprender a manter os olhos abertos para os buracos! Mas com o tempo e prática, a pessoa fica melhor e melhor em “ficar na bicicleta”. Isso é um caso de crescimento!

É também crucial começar a olhar para as raízes da nossa tentação. Existe um problema profundo que está se tornando suscetível à “infecção”? No caso da minha alimentação, meu problema era que a comida havia se tornado meu “deus”. Quando eu estava feliz, triste, preocupado, etc., a comida era meu conforto. Além disso, cresci pobre e lembro-me muito bem do dia em que saí da aula de luta durante o ensino médio, faminto, e sabendo que não haveria comida suficiente na mesa do jantar para tirar minha fome. E eu disse a mim mesmo: “Quando eu tiver dinheiro, vou comer o que quiser, quando quiser!” E naquele momento, dei terreno à Satanás. Mais tarde na vida, como um pastor acima do peso, e que não conseguia parar de engordar, tive que voltar, confessar esse pecado de idolatria, repreender o maligno e dar o meu direito de comer de volta a Deus.

Por que você está comendo? Por que você está tendo desejo sexual? O que está te conduzindo? Pode ser que você esteja legitimamente com fome de comida ou de sexo. Se você não comeu ou não teve uma emissão seminal por um tempo, seu corpo vai começar a reclamar. Comida que você pode fornecer. Seu corpo naturalmente cuidará do excesso de sêmen por meio de ejaculações noturnas. Ou pode ser que você tenha dado ouvidos ao maligno. Comida ou sexo se tornaram um ídolo, sua “válvula de escape” quando você está feliz, triste, estressado ou simplesmente entediado. Mas pela graça de Deus, podemos resistir e nos libertar de nossas idolatrias.

Como Tiago o Justo escreveu, em Tiago 4:

  • 5.Ou vocês pensam que é em vão que a Escritura diz: “É com ciúme que por nós anseia o Espírito, que ele fez habitar em nós?” 6.Mas ele nos dá cada vez mais graça. Por isso diz: “Deus resiste aos soberbos, mas dá graça aos humildes.” 7.Portanto, sujeitem-se a Deus, mas resistam ao diabo, e ele fugirá de vocês. 8. Cheguem perto de Deus, e ele se chegará a vocês. Limpem as mãos, pecadores! E vocês que são indecisos, purifiquem o coração. 9. Reconheçam a sua miséria, lamentem e chorem. Que o riso de vocês se transforme em pranto, e que a alegria de vocês se transforme em tristeza. 10. Humilhem-se diante do Senhor, e ele os exaltará.

Para simplificar:

  1. Submeta-se a Deus confessando a Ele sua necessidade e seu desejo de se libertar da tentação e força para servi-Lo.
  2. Resista ao diabo. Assim como Jesus e Paulo fizeram quando estavam enfrentando espíritos malignos, repreendê-lo diretamente, ou melhor ainda, o espírito de gula ou o espírito de imoralidade. “Espírito de glutonaria, o Senhor te repreenda! Eu entreguei meu apetite a Deus e você não tem o direito de me oprimir nessa área. Vá aonde quer que Deus te envie, mas você não é mais bem vindo aqui. Em nome de Jesus, vá embora!
  3. Presente: “Pai, eu te dou meu corpo como um sacrifício vivo. Preencha-me com o seu Espírito Santo e me dê forças para dizer não. Obrigado pela sua graça!

Assim como é fácil descrever o aprendizado de andar de bicicleta, é fácil descrever o processo de aprender a andar pelo Espírito. Mas a realidade é muito mais difícil. Não é que não funcione! Nós apenas temos que aprender como fazê-lo. E a realidade é que este é um projeto pra toda a vida. Nós seremos perfeitos somente quando chegarmos ao céu!!!

Seu Servo Em Jesus Cristo,
Dr. Mark A. Ellis.

Você Pode Reviver Sua Vida, Sim!

Quantos homens estão gastando suas vidas à toa, vivendo no passado. Lembrando-se de momentos maravilhosos. Lamentando seus errors. Desejando voltar atrás e refazer suas vidas. De fato, podemos. Podemos reviver nossas vidas, através de investir nas vidas dos homens mais jovens. Podemos ajudá-los repetir nossos sucessos. Podemos ajudá-los evitar nossas falhas!

Tiago 2.17, Parte 2: Por que Insistem que a Fé Morta é Fé Falsa?

fake diamond

Então, o que motivaria alguém a insistir em definir “morta” como falsa, farsa ou falsificada, quando tal definição não tem apoio, nem nas Escrituras, nem em algum léxico respeitado da língua grega? Mais uma evidência que a fé morta não é falsa, mas fé viva…que morreu!

Tiago 2.17, Parte 1: O Que é A Fé Morta?

Monumento Tiago 2.17

Tiago 2.17 declara que “a fé sem obras está morta”, e muitos usam este versículo para questionar a salvação de pessoas que confessam fé na morte e na ressurreição de Cristo, mas que não mostram suficiente “boas obras”. Este vídeo apresenta um estudo dos significados das palavras “morrer”, “morte” e “morto” no AT e no NT, e demonstra que em nenhum outro texto, a palavra “morto” significa “falso”. A fé morta não é falsa, nem falsificada, mas a fé verdadeira e viva…que morreu.

Desabusando Tiago 2.19: A Fé dos Demônios

Jesus Movie

Já ouviu alguém citar as palavras de Tiago 2.19, dizendo que a fé do outro era “a fé dos demônios”? Usando este versículo para defender que a fé do outro era falso, falsificado e incapaz de salvar? Este vídeo mostra como tais pessoas abusam esse versículo, por ignorar as indicações literárias que não foi Tiago que proferiu essa palavras, mas o adversário dele.